fbpx

Overlander na Estrada com Gaia

(Parte 1)

EXPEDIÇÃO SERRA GERAL

Parte 2 em breve . . .

Nossa última aventura na estrada com a Gaia Expedições foi para uma região que eu amo e um dos melhores lugares para fazer overlanding no país: a Serra Geral! Um roteiro bem ousado, atravessando a serra pelos lindos Campos de Cima para explorar os mais espetaculares cânions do Rio Grande do Sul e Santa Catarina.

O encontro do grupo foi na cidade de Criciúma, ainda embaixo da serra, mas bem localizado para subir no dia seguinte. Infelizmente, a previsão do tempo não era dos melhores.

A Caminho de Cambará do Sul

Subindo a Serra do Faxinal com muita neblina, que as vezes reduz a visão, conseguindo ver menos de 10 metros adiante!

Um pouco de chuva também deixou a estrada mais interessante. Porém, no geral era muito boa e a subida foi bem tranquila.

Optamos por essa serra porque ela passa bem em frente da entrada do Parque Nacional dos Aparados da Serra, onde fica o Cânion do Itaimbezinho.

Uma pena que o clima não estava colaborando muito!

Esse cânion é localizado bem na fronteira entre os dois estados, Rio Grande do Sul e Santa Catarina, e o acesso é muito fácil, basta fazer uma pequena caminhada até os mirantes.

Primeira vista? Bem fechada, mas a foto valeu de qualquer forma.

Passando por um pequeno bosque e cruzando um rio . . .

Finalmente abriu! Só por alguns minutos, mas foi o suficiente para ver a Cachoeira das Andorinhas e imaginar o resto . . .

De repente, fechou de novo! Nessas regiões de serra e montanha, o clima é fundamental e muito imprevisível também! Hoje, não tivemos muita sorte. Antes de deixar o parque, uma breve visita ao Café da Vó Maria, uma charmosa casa antiga, bem típica e tradicional.

Passando pela cidade de Cambará do Sul, chegamos em nossa primeira parada, a Pousada Corucacas.

Foi um bom começo para a nossa aventura e merecemos uma cervejinha para comemorar.

Cânion Fortaleza

No dia seguinte, depois do café, saímos da pousada em direção a outro Cânion bem famoso aqui na região: o Cânion Fortaleza.

Uma mistura de asfalto e trilha de terra, entramos em mais um Parque Nacional, dessa vez da Serra Geral.

Chegando no estacionamento, uma pequena parada para o briefing sobre a caminhada até o topo. Tristemente, a neblina nos acompanhou novamente e atrapalhou um pouco.

Devido às chuvas nas semanas anteriores, o rio também transbordou, afetando a trilha. Mesmo assim, alguns corajosos do grupo decidiram cruzar e explorar dentre as nuvens, esperando estar mais aberto no topo.

Mas não! Abriu bem pouco, mas as vistas espetaculares de cachoeiras e cânions mais uma vez não deram as caras. Mas a caminhada valeu a pena, dando aquela sensação de aventura! Voltamos para a cidade para descansar e esperar o tempo mudar nos próximos dias.

Acordando cedo na manhã seguinte com uma bela surpresa, um pouquinho de sol! Com isso, decidimos mudar os planos e voltar para o Fortaleza antes de pegar o caminho para Monte Negro.

Dessa vez abriu mais! Foi o suficiente para chegar no primeiro mirante e visualizar o Cânion por completo.

Uma vista bem diferente que a do dia anterior! Parece que nossa sorte estava melhorando.

Os Campos de Cima até Monte Negro

À tarde, pegamos uma trilha pelos Campos de Cima em direção à Monte Negro, o ponto mais alto do Rio Grande do Sul e onde ficamos os próximos dois dias. As estradas estavam com bastante pedras, mas tranquilas de passar e com paisagens lindas.

Chegamos no fim de tarde na remota Fazenda Monte Negro, o lugar mais isolado da expedição.

Descendo do nosso quarto para o café da manhã com essa vista. Que lugar show! Melhor ainda com um dia totalmente aberto!

Aproveitando a mudança de tempo, saímos da fazenda para visitar o Cânion Monte Negro.

Todos os campos só para nós . . . Agora sim, que beleza!

Sem pressa, andamos na beira do cânion, curtindo cada momento . . .

Voltando para os carros, a tarde estava livre, mas os cavalos estavam esperando os que quisessem.

Óbvio que eu fui! Que cavalgada legal, chegando nos pontos mais altos da região.

Nossa estadia aqui foi realmente sensacional! Uma experiência bem autêntica, com bom gostinho de como é a vida em uma fazenda nas alturas. À noite, sentimos um pouquinho de frio, pois chegou a 8 graus!

Próxima etapa, a travessia para Bom Jardim e a Serra do Rio do Rastro!

Confira mais fotos da expedição:

  • 001_Gaia_Serra_Geral
  • 004_Gaia_Serra_Geral
  • 007_Gaia_Serra_Geral
  • 008_Gaia_Serra_Geral
  • 010_Gaia_Serra_Geral
  • 011_Gaia_Serra_Geral
  • 013_Gaia_Serra_Geral
  • 014_Gaia_Serra_Geral
  • 017_Gaia_Serra_Geral
  • 018_Gaia_Serra_Geral
  • 019_Gaia_Serra_Geral
  • 021_Gaia_Serra_Geral
  • 022_Gaia_Serra_Geral
  • 023_Gaia_Serra_Geral
  • 024_Gaia_Serra_Geral
  • 025_Gaia_Serra_Geral
  • 027_Gaia_Serra_Geral
  • 029_Gaia_Serra_Geral
  • 031_Gaia_Serra_Geral
  • 032_Gaia_Serra_Geral
  • 035_Gaia_Serra_Geral
  • 036_Gaia_Serra_Geral
  • 037_Gaia_Serra_Geral
  • 040_Gaia_Serra_Geral
  • 042_Gaia_Serra_Geral
  • 044_Gaia_Serra_Geral
  • 046_Gaia_Serra_Geral
  • 047_Gaia_Serra_Geral
  • 049_Gaia_Serra_Geral
  • 052_Gaia_Serra_Geral
  • 052a_Gaia_Serra_Geral
  • 054_Gaia_Serra_Geral
  • 055_Gaia_Serra_Geral
  • 058_Gaia_Serra_Geral
  • 059_Gaia_Serra_Geral-1
  • 064_Gaia_Serra_Geral
CLIQUE E CONFIRA NOSSAS PRÓXIMAS EXPEDIÇÕES
comments powered by Disqus
WhatsApp chat